InícioGoiásEstação elevatória vai beneficiar 22 mil moradores de Aparecida

Estação elevatória vai beneficiar 22 mil moradores de Aparecida

Com a conclusão das obras da Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Terra Prometida, cerca de 22 mil moradores de 16 bairros de Aparecida de Goiânia serão beneficiados com os serviços de coleta e tratamento de esgoto, a partir deste mês. A estação, que iniciou sua primeira fase de operação após a finalização do processo de licenciamento, agora no mês de novembro, foi construída pela BRK, empresa subdelegada pela Saneago para os serviços de esgotamento sanitário no município, e é mais um passo importante para a universalização dos serviços de esgoto.

A estrutura, inicialmente, será responsável por atender os setores American Park, Cardoso II, Independência, Jardim Buriti Sereno, Jardim Itapuã, Jardim Tropical, Loteamento Porto das Pedras, Mansões Paraíso, Morada dos Pássaros, Papillon Park, Parque Veiga Jardim, Setor Colonial Sul, Setor Industrial Santo Antônio, Retiro dos Bosques, Terra Prometida e Vila Oliveira. “Nessa etapa, a unidade atenderá mais de 6 mil residências. Após a finalização de outras estruturas complementares, serão ao todo 15 mil imóveis beneficiados com acesso aos serviços de esgoto, graças à EEE Terra Prometida”, explica o gerente de engenharia e obras da BRK em Goiás, Ronaldo Jacinto.

As Estações Elevatórias de Esgoto desempenham um papel importante no sistema de esgotamento sanitário, pois têm a capacidade de enviar o efluente de um ponto mais baixo até interceptores ou estações de tratamento. O sistema de afastamento do esgoto é projetado para ocorrer em escoamento gravitacional, no entanto, em situações em que não há desnível natural da região, é necessária a construção de elevatórias para viabilizar o atendimento.

Funcionamento

A EEE Terra Prometida, além de possuir conjuntos motobombas para elevação dos efluentes, contém um processo de tratamento preliminar, que remove os resíduos sólidos e areia, utilizando estruturas de gradeamento e desarenação. Ela será responsável por bombear, em média, 133 litros de esgoto por segundo para o tratamento na ETE Santo Antônio, o equivale a mais de 11 milhões de litros de esgoto por dia.

“Com essa estrutura, será possível reduzir contaminações e transmissões de doenças que estão diretamente relacionadas a falta de acesso aos serviços de saneamento básico, impactando na melhoria da qualidade de vida e da saúde dos moradores dos bairros atendidos pela estação”, ressalta a coordenadora de operação e manutenção da BRK Aparecida de Goiânia, Débora Muniz.

Saneago – Governo de Goiás

Fonte: Portal Goiás

Redação
Redaçãohttps://politicainteligente.com
Um portal especializado em analisar a política no Brasil e no mundo. Veja o que acontece de importante no Planalto, Congresso e Judiciário. Além de notícias importantes no Executivo, Legislativo e Judiciário nos estados, Distrito Federal e Goiás.
Continue Lendo

Últimas Notícias