q Vacinação itinerante busca ampliar imunização do brasiliense - Política Inteligente
InícioDistrito FederalVacinação itinerante busca ampliar imunização do brasiliense

Vacinação itinerante busca ampliar imunização do brasiliense

Com o objetivo de aumentar a quantidade de pessoas com o esquema de imunização atualizado, o projeto Carro da Vacina circula, neste sábado (14), em três localidades do Distrito Federal. A vacinação itinerante ocorre no Parque da Cidade, em Ceilândia (QNP 22 e QNP 26) e no Núcleo Rural Sarandi (Planaltina).

A vacinação itinerante ocorre no Parque da Cidade, em Ceilândia (QNP 22 e QNP 26) e no Núcleo Rural Sarandi (Planaltina) | Fotos: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

“Durante a rotina, as pessoas às vezes não têm tempo de procurar as unidades de saúde, então a gente tenta facilitar esse acesso trazendo a vacina até elas”, explica a enfermeira e responsável técnica do Carro da Vacina, Islaine de Carvalho.

No caso da iniciativa no Parque da Cidade, estão sendo oferecidas apenas as vacinas contra a covid-19 para adolescentes a partir dos 12 anos, adultos e idosos, enquanto os demais carros da vacina contam com todos os imunizantes do calendário de vacinação (exceto BCG). Os serviços seguem até as 17h no parque e em Ceilândia, e até as 16h30 em Planaltina.

No Parque da Cidade, estão sendo oferecidas as vacinas contra a covid-19 para adolescentes a partir dos 12 anos, adultos e idosos

Proteção contra covid-19

Até este sábado, a capital federal contava com 7.205.237 doses de imunizantes contra o coronavírus aplicados. Destas, 4.983.894 são referentes à primeira e segunda dose, cobertura de mais de 84% da população.

Islaine de Carvalho, enfermeira e responsável técnica do Carro da Vacina: “Durante a rotina, as pessoas às vezes não têm tempo de procurar as unidades de saúde, então a gente tenta facilitar esse acesso trazendo a vacina até elas”

“Queremos captar o maior número de pessoas que não esteja com as vacinas da covid em dia, que seriam as três doses para menores de 40 anos e quatro doses para maiores [de 40 anos], profissionais de saúde e imunodeprimidos”, detalha a enfermeira Islaine de Carvalho.

À frente da iniciativa no Parque da Cidade, Islaine explica que a escolha do local se deve pelo perfil dos frequentadores. “Aqui, no parque, são pessoas que buscam a saúde, então a gente acredita que a captação será ainda melhor”, acrescenta.

Imunizante no braço

Após a caminhada matutina e enquanto tomava uma água de coco, o empresário Marcos José Rodrigues, 55 anos, foi abordado pela equipe e topou tomar a segunda dose de reforço (também conhecida como quarta dose).

Empresário Marcos José Rodrigues: “Acho superválido colocar um ponto de vacinação aqui. É um lugar onde as pessoas buscam qualidade de vida e saúde, e a vacina representa saúde”

“Já tinha tomado a terceira dose e acabei não acompanhando mais o calendário. Eu não sabia que minha dose já estava atrasada, senão já teria tomado. As outras eu tomei espontaneamente, porque é uma forma de respeito a minha vida e das pessoas do meu convívio”, diz.

Ele avalia como positiva a imunização itinerante no Parque da Cidade. “Acho superválido colocar um ponto de vacinação aqui. É um lugar onde as pessoas buscam qualidade de vida e saúde, e a vacina representa saúde”, comenta.

Nutricionista Alline Monteiro: “A vacina continua sendo essencial para a prevenção da covid. É excelente esse tipo de iniciativa”

A nutricionista Alline Monteiro tinha acabado de correr 15 quilômetros quando viu a estrutura da Secretaria de Saúde nas proximidades dos quiosques do parque. Como morava em Londres, onde se imunizou com três doses, ela foi entender se já poderia tomar o segundo reforço. “Teoricamente não era para eu estar na faixa de idade da dose [prevista no Plano Nacional de Imunização para pessoas a partir de 40 anos], mas sendo profissional de saúde me ofereceram a quarta dose e eu acabei de tomar”, revela.

Para Alline, a vacinação itinerante é uma forma de ajudar quem tem dificuldade de ir até uma unidade básica de saúde no dia a dia. “Acho superimportante, porque nem sempre a gente tem tempo na rotina. A vacina continua sendo essencial para a prevenção da covid. É excelente esse tipo de iniciativa”, classifica.

A vacinação contra a covid-19 segue nas unidades básicas de saúde (UBS) do Distrito Federal. Todos os pontos podem ser conferidos no site da Secretaria de Saúde. Quem quiser atualizar a caderneta vacinal com imunizantes para outras doenças, deve procurar a UBS mais próxima. O Distrito Federal oferece 19 vacinas do Plano Nacional de Imunização.

Vacinação itinerante busca ampliar imunização do brasiliense

Fonte: Agência Brasília

Redação
Redaçãohttps://politicainteligente.com
Um portal especializado em analisar a política no Brasil e no mundo. Veja o que acontece de importante no Planalto, Congresso e Judiciário. Além de notícias importantes no Executivo, Legislativo e Judiciário nos estados, Distrito Federal e Goiás.
Continue Lendo

Últimas Notícias