InícioGoiásProdução goiana de grãos deve atingir 28,1 milhões de toneladas

Produção goiana de grãos deve atingir 28,1 milhões de toneladas

A produção goiana de grãos deve totalizar 28,1 milhões de toneladas na Safra 2021/2022. O volume representa um crescimento de 14,3% em relação à Safra 2020/2021. Os dados são do 9º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022, divulgado nesta quarta-feira (8/6) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As projeções para Goiás indicam ainda uma produtividade média de 4,3 toneladas por hectare (+11,7%) e uma área cultivada total de 6,6 milhões de hectares (+2,3%).

“Os produtores goianos estão entregando um desempenho histórico. O volume é recorde, e isso precisa ser valorizado, mas também estamos alcançando as primeiras posições em produtividade em muitas das principais culturais. Isso é fruto de muito trabalho, conhecimento e investimento em tecnologia”, ressalta o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

As 28,1 milhões de toneladas colocam Goiás como terceiro maior produtor nacional de grãos entre os estados e o Distrito Federal. Sozinha, a soja deve responder por 16,0 milhões de toneladas, alta de 10,2% na comparação com o ciclo anterior. Conforme a Conab, Goiás deve entregar o segundo maior volume de soja do País e a maior produtividade, com 4,0 toneladas por hectare (+7,8%).

Vem do milho outra importante contribuição para o recorde da safra estadual de grãos. Segundo a Conab, Goiás deve produzir 10,2 milhões de toneladas de milho na Safra 2021/2022. O resultado representa um aumento de 20,9% em relação à safra passada e posiciona o Estado como quarto maior produtor nacional. A estimativa para a produtividade média do grão também é de crescimento (+15,8%), atingindo 5,3 toneladas por hectare.

O 9º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022 aponta ainda que Goiás deve manter a liderança nacional nas produções de sorgo e girassol. A perspectiva para a produção goiana de sorgo é 1,2 milhão de toneladas (+36,7%), com produtividade média de 3,2 toneladas por hectare (+34,3%). Já a produção goiana de girassol deve alcançar 40,8 mil toneladas (+104,0%). Além do maior volume do País, o Estado deve emplacar a maior produtividade nacional de girassol, com 1,6 tonelada por hectare (+56,8%).

Em nível nacional, de acordo com a Conab, a produção total de grãos deve somar 271,3 milhões de toneladas na Safra 2021/2022. O crescimento projetado é de 6,2% em relação à Safra 2020/2021.

IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou, nesta quarta-feira (8/6), uma nova rodada do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA). O órgão manteve as estimativas de aumento das produções de cana-de-açúcar (+3,4%), café arábica (+4,2%) e uva (+13,4%), o que deve posicionar o Estado como terceiro, sétimo e décimo maior produtor nacional destas culturas, respectivamente. O levantamento também mostra que, apesar da queda prevista de 4,0%, Goiás deve manter a primeira colocação no ranking dos maiores produtores de tomate entre os Estados e o Distrito Federal.

Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás

Fonte: Portal Goiás

Redação
Redaçãohttps://politicainteligente.com
Um portal especializado em analisar a política no Brasil e no mundo. Veja o que acontece de importante no Planalto, Congresso e Judiciário. Além de notícias importantes no Executivo, Legislativo e Judiciário nos estados, Distrito Federal e Goiás.
Continue Lendo

Últimas Notícias